1 – A grande “smog” de 1952

Esse fato aconteceu em Londres em 1952, e se você está procurando um grande exemplo de como o desenvolvimento industrial pode afetar o Meio Ambiente, saiba que “A grande Smog” (junção de smoke = fumaça + fog=neblina) pode ser sua melhor resposta. A poluição na cidade ficou tão ruim, que uma grande massa de fuligem e fumaça dizimou a qualidade do ar por cerca de quatro dias. Em consequência disso, animais morreram por asfixia e muitos moradores desenvolveram problemas respiratórios crônicos. Cerca de 4 mil pessoas morreram antes do ar ser completamente limpo.

 

2 – O ano em que o verão não apareceu

Monte-Tambora

Em abril de 1815, o Vulcão Tambora, localizado na Indonésia, entrou em erupção causando uma gigantesca nuvem que encobriu a luz solar. Enquanto sua explosão física matou milhares de pessoas, a fumaça causou uma bizarra mudança climática, que fez com que o planeta experimentasse um ano inteiro sem verão.

E antes que os amantes do frio comecem a comemorar, saibam que em consequência disso, uma neve pesada caiu ao longo de todo o período de verão dos Estados Unidos, congelando muitas pessoas até a morte. O saldo positivo dessa história é que ela provocou invenções interessantes, como a bicicleta e “Frankenstein”, já que o clima horrível prendeu a escritora Mary Shelley em casa e fez com ela tivesse inspiração para escrever o livro.

3 – A invasão de cobras em Saint-Pierre

Em abril de 1902, uma grande erupção vulcânica causou outra bizarra consequência ambiental. Conhecido como Mount Pelée (ou “Montanha Pelada”, em português) o vulcão tem aos seus pés a cidade de Saint-Pierre, em Martinica, e até certo momento era considerado como adormecido. No entanto, após sua notável erupção, ele inundou a pequena cidade com cinzas e um terrível cheiro de enxofre, além disso, a área tornou-se rapidamente habitável para as cobras da região.

Considerando que as cobras tinham quase dois metros de comprimento, não é de se espantar que a cidade tenha entrado em pânico, isso até o momento em que o vulcão finalmente explodiu e destruiu toda a cidade. De um total de 30 mil moradores (sendo que 50 deles morreram pela picada das cobras) só sobraram duas pessoas.

 

4 – A grande inundação de melaço que atingiu Boston

inundacao-por-melaco

Quando pensamos em inundações, logo vem à cabeça um vislumbre de cidades repletas de águas barrentas. No entanto, esse não foi o caso que aconteceu com os moradores do bairro de North End, em Boston, Massachusetts. Em 1919, uma enorme inundação foi causada quando um enorme tanque de ferro fundido, cheio de melaço, estourou.

O tal melaço, pegajoso e açucarado, enterrou pedestres e pessoas dentro de carruagens, matou 21 pessoas e deixou 150 feridas. O produto causou danos tão significativos à arquitetura da região, que foi preciso destruir prédios e ferrovias.

Anúncios

 

5 – A praga dos gafanhotos

invasao-por-gafanhotos

Graças às perfeitas condições das montanhas rochosas das Grandes Planícies, uma gigante invasão de gafanhotos aconteceu durante o verão de 1874. Durante a primavera, o clima árido da região permitiu que os gafanhotos pusessem grandes quantidades de ovos. Sendo assim, durante o verão, esses trilhões de ovos liberaram uma gigante infestação que atingiu os estados de Nebraska, Kansas, Dakota e Iowa.

Os insetos viajaram em enormes nuvens e se chocaram contra cavalos, casas, trens e janelas. As pessoas faziam tudo o que podiam para tentar controlar os insetos, porém eles acabaram destruindo a maioria das colheitas daquele ano.

AllDay  Jornal Ciência